PROJETO DE INTERIORES:

Definir os materiais de acabamento não é tarefa fácil. Exige cautela, critérios e conhecimento técnico aliados a aspéctos financeiros. Um bom projeto de interiores, não é aquele onde são escolhidos os materiais mais caros e nobres, mas sim, o que sabe dosar na exata medida, materiais simples e outros mais requintados, valorizando desta forma estes elementos. O projeto ideal é aquele que traduz o estilo de vida do futuro morador, ou ainda, em se tratando de área comercial, um bom projeto de interiores é aquele que não valoriza apenas os gostos pessoais do proprietário, mas sim, do público alvo de seu comércio, demostrando desta forma respeito aos clientes, que retribuirão com fidelidade e aumento nas compras. - leia matéria - Uma boa arquitetura comercial impõe respeito e credibilidade aos clientes, além de se destacar dos concorrentes. Comercial ou residencial, a arquitetura de interiores é fundamental!

 

 

Conheça agora melhor, este serviço que é exclusivo do kit CASA Decor

"Os projetos poderão ser executados para casas, apartamentos, lojas ou escritórios, em obras ou já habitados."

1. PROGRAMA DE NECESSIDADES

Consiste em colher informações sobre os usos e necessidades dos ambientes, descobrir espaços ociosos e observar espaços que necessitam de ampliações. O cliente irá informar ao arquiteto quais são suas expectativas e quanto está disposto a investir na obra. Com base nestes dados (de fundamental importância) o arquiteto ira iniciar seus estudos.

2.ESTUDO PRELIMINAR

Após planejar os espaços de acordo com as informações obtidas no programa de necessidades, o arquiteto transfere para o papel em forma de desenhos e esquemas as idéias de espaço e forma, eventualmente alterações na arquitetura do imóvel poderão acontecer, como por exemplo, quebras de paredes, abertura de janelas ou mesmo construção de mezzaninos. Nesta fase as idéias principais que irão nortear o projeto já estão definidas e devem ser analisadas pelo cliente.

3. REVISÕES DE PROJETO

Eventuais alterações no projeto de interiores deverão ser discutidas nesta etapa, como volumetria, disposição de mobiliários ou ambientes, buscando adequar o espaço ao gosto e necessidade do usuário.

4. ANTE PROJETO

O Ante Projeto, busca adaptar o estudo preliminar, as alterações sugeridas pelos clientes, este projeto é apresentado com uma riqueza de detalhes superior ao do estudo preliminar, sendo portanto, este, um "quase projeto final", que ainda possibilita algumas mudanças de pequeno impácto.

5. PERSPECTIVA ARTÍSTICA

Em conjunto com o ante projeto, é apresentado para o cliente uma ou mais perspectivas artísticas necessárias para a compreensão dos espaços planejados, bem como sugestões de revestimentos, idéias de mobiliários e desenho do forro de gesso, espelhos, vidros e cores.

6. PROJETO DE INTERIORES DEFINITIVO

Consiste em transpor para o computador, utilizando-se dos mais modernos recursos gráficos, todas as informações já conhecidas e aprovadas pelos clientes, como:

7. REUNIÕES COM O ARQUITETO

O plano CASA Decor inclui 4 reuniões com o arquiteto, estas reuniões tem duração média de 1 hora e deverão ser divididas da seguinte forma:

PROGRAMA DE NECESSIDADES
Esta é a 1º reunião, onde o cliente expõe suas necessidades e desejos com relação ao projeto. A definição do partido arquitetônico, estimativa de área, bem como pretensões de investimento na obra, serão algumas pautas desta reunião.
ESTUDO PRELIMINAR E REVISÕES
Nesta 2º reunião, o arquiteto irá apresentar para o cliente o primeiro estudo do projeto, onde já estarão definidas as idéias principais, bem como, a setorização dos ambientes, partido arquitetônico e idéia de volumetria.
ANTE-PROJETO
Nesta 3º reunião, o arquiteto expõe o "ante-projeto", que é um "quase projeto final", a riqueza de detalhes é maior e os ambientes já estão completamente definidos, bem como janelas, a casa, loja ou escritório, já tem seu quadro de áreas definido, perspectivas artísticas e demais desenhos necessários a compreensão do conjunto também serão vistos;
PROJETO DE INTERIORES DEFINITIVO
Neste 4º encontro o arquiteto entregará para o cliente todos os projetos executados. Conforme segue-se:

8. VISITAS À OBRA:

As visitas técnicas à obra buscam esclarecer eventuais dúvidas do cliente ou do empreiteiro, devem ser previamente agendadas, de quarta à sexta-feira em horário comercial. O kit CASA Decor inclui 3 visitas técnicas à obra para esclarecimento de dúvidas e sugestões referentes ao projeto de interiores. As visitas tem duração média de 1 hora.

_____________________________________________________

IMPORTANTE:

Com relação as visitas e reuniões do arquiteto:

_____________________________________________________

ITENS QUE NÃO ESTÃO INCLUSOS EM NENHUM KIT

:: É proibida a cópia total ou parcial do conteúdo deste site ::

 

 

 

O Projeto Básico de Acabamentos não se trata de um projeto de decoração de interiores, onde estofados, cortinas ou mesmo quadros serão escolhidos. Este projeto especifica itens necessários ainda na fase de construção, como por exemplo pisos e revestimentos de paredes, projeto de forro e distribuição da iluminação, definição e quantificação de spots, lustres e arandelas, modelos de gradil e portão, definição de esquadrias, material e modelo, cores, desenho de nichos executados em gesso, sugestão de mobiliário, definição de modelos de cubas, bacia sanitária e metais, entre outros. Veja abaixo a descrição detalhada dos serviços nos diversos planos:

_____________________________________________________

CASA Plús

Este produto não está incluso no kit CASA Basic

_____________________________________________________

CASA Premium

1. PROJETO BÁSICO DE ACABAMENTOS:

O arquiteto irá definir, em conjunto com o cliente, os materiais de acabamento que serão adotados em sua obra. Esta definição será auxiliada por meio de amostras, catálogos técnicos ou mesmo fotos ambientadas que o arquiteto mostrará ao cliente. A valorização dos espaços, bem como a economia de tempo em pesquisas e redução de custos com indicações de fornecedores (nesta que é a etapa mais cara da obra!) fazem deste projeto uma solução inteligente. Com os projetos em mãos é possível contratar somente a mão de obra de profissionais, barateando significativamente seu custo. Sua obra ganhará personalidade, e a valorização comercial é certa. O projeto básico de acabamentos contemplará:

2. PLANTA DECORADA

Será fornecido ao proprietário uma planta baixa da construção, executada com o auxílio de computação gráfica, onde constarão a paginação do piso com sugestão de disposição de mobiliários como guarda-roupas, bancadas, mesa de jantar, camas, sofás, cadeiras, entre outros, peças sanitárias como banheiras, bacias sanitárias e cubas, além de elementos de decoração como tapetes e vasos. Este projeto visa auxiliar a instalação do mobiliário, não sendo no entanto, um projeto de móveis ou decoração.

_____________________________________________________

ITENS QUE NÃO ESTÃO INCLUSOS EM NENHUM KIT

Se desejar algum destes itens o arquiteto poderá indicar profissional especializado.

:: É proibida a cópia total ou parcial do conteúdo deste site ::

 

 

 

 

 

 

 

LOCAÇÃO DE PONTOS ELÉTRICOS:

Para que se evite improvisos durante a construção, dor de cabeça desnecessária e soluções inapropriadas, torna-se fundamental um projeto de locação dos pontos elétricos. A quantidade de informações que são necessárias nesta etapa da construção, bem como a agilidade com que estas informações devem chegar até o construtor, poderão tornar a vida do proprietário um verdadeiro cáos se este não dominar o assunto, ou não tiver tempo para se dedicar a isso. Este projeto visa locar de forma harmônica e criativa os aparelhos elétricos, como antena de televisão, telefone, tomadas, interruptores, interfone, computador, entre outros... facilitando e agilizando o trabalho do eletricista, que não vai precisar "adivinhar" aonde colocar os equipamentos, evitando-se soluções inapropriadas (o que é muito comum). Veja abaixo a descrição detalhada dos serviços nos diversos planos:

CASA Basic

Este produto não está incluso no kit CASA Basic

_____________________________________________________


CASA Plús

1. DEFINIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS E LOCAÇÃO

A definição dos equipamentos elétricos é fundamental para um bom resultado do conjunto arquitetônico. Assim sendo será fornecido em folha de desenho específica, com base no projeto de lay-out anteriormente definido, e já entregue ao cliente, as plantas baixas dos pavimentos onde constarão:

2. PROJETO DE LAY-OUT DA COZINHA

Por se tratar de um ambiente que requer um cuidado especial, será fornecido uma folha independente onde constará em escala ampliada a planta baixa da cozinha, com a sugestão de lay-out previamente adotada. Nesta solução estarão locados os possíveis pontos de pia, fogão geladeira, freezer, coifa, máquina de lavar louças, televisão, purificador de água e telefone. Com base neste desenho o marceneiro, ou a loja de móveis planejados (contratado pelo cliente), irão detalhar o mobiliário, seguindo as diretrizes do projeto, definindo de forma precisa para o proprietário os pontos e alturas das tomadas. Eventualmente o arquiteto poderá acompanhar o cliente na compra do mobiliário, esclarecendo com o vendedor eventuais dúvidas.

_____________________________________________________

CASA Premium

Além dos itens anteriores, também será fornecido:

3. DEFINIÇÃO DE ALTURAS E USOS PARA AS TOMADAS:

Seguindo o mesmo critério do primeiro item, ou seja, o lay-out básico do mobiliário anteriormente definido, serão locados os pontos de tomadas, interruptores, antena de televisão, pontos de computador, interfone e caixas de distribuição de disjuntores, porém agora estas informações serão melhor detalhadas. Estes detalhes podem ser resumidos com uma breve explicação que se desdobra em muitos outros casos... no primeiro item: "definição dos equipamentos e locação" os pontos de tomadas são locados em planta de forma usual, portanto o ponto da tomada e antena da televisão da sala está corretamente localizado em planta e o eletricista muito provavelmente colocou o ponto na parede a 30 cm do piso (usual). Acontece que você tem uma televisão de LCD ou de Plasma e quer a mesma pendurada na parede e aquela tomada da televisão (que está locada corretamente em planta, não serve para você, sendo necessário quebrar a parede relocar os pontos de tomada e antena para a altura adequada e retocar a pintura antes mesmo de assistir o primeiro filme na super tv!). Para se evitar estes "imprevistos" os pontos elétricos serão localizados de forma personalizada para o seu uso!

4. DISTRIBUIÇÃO DA ILUMINAÇÃO

De fundamental importância a distribuição dos pontos de luz no teto é um trabalho que deve ser feito com muito critério e técnica, resultando em qualidade, beleza e economia energética. Não se admite mais um ponto exclusivo no teto que servia como única fonte de iluminação do ambiente. Hoje sabe-se que a distribuição coerente dos circuitos geram melhores resultados e economia de energia elétrica. Uma sala, assim como os outros ambientes, deve ter circuitos independentes (iluminação geral, luz indireta, iluminação de destaque para obras de arte ou vegetação), enfim tudo pensado com critério. A distribuição destes circuitos e o posicionamento dos interruptores (simples, paralelo e intermediário), também serão definidos. Certamente você conhece casos de interruptores atrás de portas, ou mesmo de escadas onde só se acende a luz em um dos pavimentos...

5. DEFINIÇÃO DE MODELOS DE LÂMPADAS

A definição do tipo de lâmpada, bem como seu spot ou luminária, são responsáveis pelo clima do ambiente. Um ambiente de serviço como cozinha e lavanderia exigem lâmpadas brancas e econômicas, normalmente tubulares fluorescentes ou PL-eletrônicas, distribuidas em spots embutidos no gesso para iluminação geral, também é aconselhado iluminação direcionada e independente para área de preparo de alimentos e pia. Se a cozinha está integrada a um ambiente social a iluminação deve ser adaptada de forma a não agredir o mesmo, que deve seguir uma linha de iluminação quente, em tom amarelo. Iluminação de jardim pede lâmpadas especiais, minidicróicas caem bem para um lavabo. Enfim, lâmpada não é tudo igual!

6. DISTRIBUIÇÃO DOS SPOTS E LUMINÁRIAS

Em conjunto com o desenho do gesso é projetado a distribuição dos spots e lustres nos ambientes, assegurando a harmonia entre os mesmos, a qualidade da iluminação e valorizando a arquitetura. Também será projetado pontos de luz externo valorizando a fachada e muros da residência. Será entregue uma relação de quantificação e definição de modelo das luminárias e spots. O arquiteto poderá acompanhar o cliente na compra das luminárias, lâmpadas e spots auxiliando na definição dos mesmos.

_____________________________________________________

ITENS QUE NÃO ESTÃO INCLUSOS EM NENHUM KIT:

:: É proibida a cópia total ou parcial do conteúdo deste site ::

 

 

 

 

 

 

 

LOCAÇÃO DE PONTOS HIDRÁULICOS:

Para que se evite improvisos durante a construção, dor de cabeça desnecessária e soluções inapropriadas, torna-se fundamental um projeto de locação dos pontos hidráulicos. A quantidade de informações que são necessárias na etapa da construção, bem como a agilidade com que estas informações devem chegar até o construtor, poderão tornar a vida do proprietário um verdadeiro cáos se este não dominar o assunto, ou não tiver tempo para se dedicar a isso. Este projeto visa locar de forma harmônica e criativa os aparelhos sanitários, como pias vasos sanitários, chuveiros, banheiras, tanques, torneiras, ralos, entre outros... facilitando e agilizando o trabalho do encanador, que não vai precisar "adivinhar" aonde colocar os equipamentos, evitando-se soluções inapropriadas (o que é muito comum). Veja abaixo a descrição detalhada dos serviços nos diversos planos:

CASA Basic

Este produto não está incluso no kit CASA Basic

_____________________________________________________

CASA Plús

1. DEFINIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS E LOCAÇÃO

A definição dos equipamentos hidráulicos é fundamental para um bom resultado final do conjunto arquitetônico. Assim sendo será fornecido em folha de desenho específica, as plantas dos ambientes onde haverá pontos de água, ampliados e cotados conforme segue-se:

BANHEIROS

ÁREA DE SERVIÇO

CHURRASQUEIRAS

COZINHA

SACADAS

ÁREA EXTERNA

JARDINEIRAS

GERAL

Todos os equipamentos serão locados em planta, sendo que suas alturas e diâmetros de tubulações deverão seguir as recomendações dos fabricantes, um projeto hidráulico (não incluso), ou mesmo a experiência do encanador responsável pela instalação.

Não serão definidos modelos de equipamentos e marcas, ficando este a critério do proprietário.

_____________________________________________________

CASA Premium

Além do item acima descrito também será entregue:

2. DETALHAMENTO DOS PONTOS HIDRÁULICOS

O detalhamento dos pontos hidráulicos visa locar em piso e parede os equipamentos, sendo assim, informações como definição de tipo de vaso sanitário (caixa acoplada ou válvula hidra), tipos de cubas (encaixe, semi-encaixe ou de sobrepor), além de modelos de metais sanitários como: misturadores ou monocomandos, ou ainda peças de mesa ou de parede? todas estas informações refletem diretamente na instalação hidráulica, e devem ser previamente esclarecidas ao encanador por meio de desenhos, para evitar improvisos. Existem diversas opções de metais sanitários, cada uma pede um tipo de instalação hidráulica, e o detalhamento dos pontos hidráulicos visa esclarecer qualquer dúvida, para que não existam improvisos na obra. Lembre-se o custo para se alterar um ponto hidráulico, tardiamente, resulta em quebra de revestimento (porcelanato, mármore, pastilhas de vidro..), modificações no sistema de tubulação de água quente e fria, e custo adicional de mão-de-obra. Veja abaixo os itens analisados no detalhamento:

BANHEIROS

COZINHA

ÁREA DE SERVIÇO

CHURRASQUEIRAS

Para se ter uma idéia da quantidade de pontos hidráulicos que se deve planejar cito como exemplo uma residência de padrão médio de 3 suites: onde é normal calcular cerca de 70 pontos, entre água e esgoto, em uma residência de alto padrão este número é muito superior, sendo fundamental um projeto de locação hidráulica.

_____________________________________________________

ITENS QUE NÃO ESTÃO INCLUSOS EM NENHUM KIT

IMPORTANTE: Conforme orientação do projeto estrutural, as tubulações não deverão passar pelo interior de vigas e pilares, sob pena de baixa na responsabilidade pelo projeto.

*Se você desejar algum item exclusivo entre em contato.

:: É proibida a cópia total ou parcial do conteúdo deste site ::